Galeria de Amigos

domingo, 25 de outubro de 2015

Gavetas recicladas - suporte para xícaras

Ou "Xicareiro" segundo meu marido rsss



O café é tão grave, tão exclusivista, tão definitivo
que não admite acompanhamento sólido. Mas eu o driblo,
saboreando, junto com ele, o cheiro das torradas-na-manteiga que alguém pediu na mesa próxima.
Mario Quintana.




Reciclando gavetas de uma cômoda velha, com ajuda do marido e do Ozzy claro.


Tomar café em boa companhia é um prazer inigualável  que só quem aprecia pode compreender.
Gavetas que estavam abandonadas depois de uma boa repaginada vivaram "xicareiro",agora um lugar charmoso para guardar as xícaras.

Eu, artesanato, poesia,

café e você, simplesmente inesquecível.

sábado, 17 de outubro de 2015

Quadro feito com rolinhos de papel higiênico


Eternamente dormindo.

Para meu coração basta teu peito
para tua liberdade bastam minhas asas.
Desde minha boca chegará até o céu
o que estava dormindo sobre tua alma.

E em ti a ilusão de cada dia.
Chegas como o sereno às corolas.
Escavas o horizonte com tua ausência
Eternamente em fuga como a onda.

(...)

Acolhedora como um velho caminho.
Te povoa ecos e vozes nostálgicas.
eu despertei e as vezes emigram e fogem
pássaros que dormiam em tua alma.


Pablo Neruda


Fonte: http://www.umparadoxo.com/2013/12/eternamento-dormindo.html